Procurar
alzheimer

Estimulação transcraniana com corrente alternada de alta frequência (tACS gama) no córtex parietal (pré-cúneos) pode melhorar as funções cognitivas em Pessoas com Doença de Alzheimer

Nos últimos anos, tem se observado um crescente interesse pelo uso das técnicas de estimulação cerebral não invasiva (ECNI) como intervenções dirigidas à melhoria cognitiva, à manutenção da cognição ou à diminuição da progressão das alterações cognitivas relacionadas com a idade.

Continuar a Ler...

Intervenção não Farmacológica da Demência

O aumento da população idosa está associado a um aumento da incidência de demência e outras doenças neurodegenerativas. À medida que envelhecemos as nossas funções cognitivas sofrem um declínio, que se pode dever ao envelhecimento relacionado com a idade, ou ao surgimento de patologia neurológica.

Continuar a Ler...