fbpx

Estimulação com Ultrassons na Doença de Alzheimer : Uma Inovação Tecnológica

O declínio cognitivo constitui um dos principais problemas de Saúde Mental, sendo que a Doença de Alzheimer (DA) constitui a causa mais frequente de declínio após os 65 anos. Lamentavelmente, os esforços científicos e as múltiplas terapias ensaiadas até hoje para reverter ou travar a progressão da doença têm sido infrutíferas.

Consequentemente, a necessidade de uma terapia modificadora da doença e a procura de rotas alternativas, baseadas no metabolismo e plasticidade cerebrais, converteram-se numa prioridade. Foi demonstrado que os tratamentos preventivos, cuja finalidade é a diminuição do impacto das dificuldades nas atividades de vida diária e retardar a evolução e os efeitos permanentes da doença, têm efeitos positivos num elevado número de pacientes com estas patologias.

Que tratamentos existem para prevenir e retardar os efeitos destas patologias?

Estimulação Magnética e Elétrica

A Estimulação Magnética Transcraniana (EMT ou TMS) utiliza um dispositivo médico computadorizado colocado sobre a cabeça que emite impulsos eletromagnéticos (semelhantes aos utilizados pela Ressonância Magnética) que atuam nas áreas específicas do cérebro relacionadas com o que se pretende tratar.

A Estimulação Cerebral com Corrente Fraca Contínua (ETCC ou tDCS) utiliza elétrodos colocados sobre a superfície da cabeça, para induzir alterações na excitabilidade neuronal, possibilitando aumentar ou diminuir a atividade neuronal de determinadas áreas cerebrais, conforme os resultados que se pretendam atingir.

As duas técnicas de estimulação estão a ser cada vez mais investigadas quanto ao seu potencial para melhorar os sintomas da DA, tornando-se assim num método promissor na melhoria das funções cognitivas através da sua modulação de determinadas áreas cerebrais.

Em particular, vários ensaios e revisões com EMT têm demonstrado que esta técnica pode ser benéfica na melhoria de diversas funções cognitivas em pacientes com DA, nomeadamente na cognição global, e em funções cognitivas específicas como a memória episódica, a nomeação e a flexibilidade cognitiva. Apesar da EMT para o tratamento da DA ainda permanecer na área da investigação, os resultados das investigações têm sido encorajadores para o uso destas técnicas na melhoria da cognição global e da memória em pacientes com diagnóstico clínico da DA.

Também, a aplicação de EET têm demonstrado eficácia na melhoria cognitiva, nomeadamente, na recuperação de memória e na memória de reconhecimento, bem como na cognição global. Alguns estudos demonstraram que as melhorias têm efeitos a longo prazo e duraram, pelo menos, 1 mês após o tratamento.

Mas ambas as tecnologias só atuam sob as zonas mais superficiais do córtex cerebral e não alcançam estruturas localizadas em maior profundidade no tecido encefálico.

A Estimulação por Pulsos de Ultrassons Focalizado (TPS)

A neuromodulação, utilizando ultrassons, tem várias potenciais vantagens devido à sua capacidade de penetração e às particularidades dos seus efeitos. Uma forma particular de neuromodulação ultrassónica focalizada (FUS) é a estimulação por pulso transcraniano (TPS®), que fornece impulsos acústicos curtos permitindo a estimulação focal a profundidades até 8 cm no cérebro. Este método, desenvolvido pela Storz Medical (NEUROLITH®), tem vindo a ganhar atenção.

Recentemente um artigo publicado no início deste ano (DOI: 10.1002/advs.201902583) relata melhorias cognitivas significativas da memória e da linguagem em pacientes com fases leves ou moderadas da Doença de Alzheimer, um efeito que se manteve estável durante os três meses de seguimento.

Estão em curso mais dois estudos (numa clínica alemã; Rheintalklinik, Bad Krozingen, Baden-Württemberg, e na Universidade Médica de Viena, em Áustria) de acordo com os relatórios de ensaios clínicos do NIH clinical trial reports clinicaltrials.gov.

Esta imagem tem um texto alternativo em branco, o nome da imagem é banner_neurolith_001-1024x520.jpg

Este método, desenvolvido pela Storz Medical (NEUROLITH®) reflete um avanço no campo da estimulação transcraniana, pois é o único sistema completo de estimulação acústica transcraniana que foi rigorosamente validado por ensaios clínicos.

Tem incorporado a neuronavegação para a colocação precisa da sonda de estimulação, e pode ser executado com precisão em cerca de 30 minutos, e requere apenas 6 sessões para alcançar um efeito clinicamente relevante. A aplicação em segurança desta tecnologia foi validada rigorosamente. O sistema consiste num dispositivo médico pronto para uso clínico, possui todas as certificações IEC completas e é fabricado em instalações com certificação de sistema de qualidade de dispositivo médico, o que garante a segurança do seu funcionamento.

O mecanismo-chave induzido pelo TPS® é a mecanotransdução. Especificamente, foi demonstrado que esta modalidade de estimulação promove a expressão de fatores de crescimento, melhora o fluxo sanguíneo cerebral e a regeneração neural.

O sistema recebeu a aprovação da União Europeia (CE) para o tratamento das fases iniciais da Doença de Alzheimer (doravante DA) e está atualmente a ser investigado para outras doenças neurológicas.

Na Neurovida, com a colaboração da Teprel, empresa dedicada à tecnologia médica há mais de 30 anos, iniciámos a utilização do Neurolith para o estudo e tratamento da Doença de Alzheimer. Até à data, temos sido capazes de observar melhorias nos pacientes nas fases iniciais, embora continuemos a recomendar o treino cognitivo como uma actividade complementar.

Leituras recomendadas:

1- Cognitive effects and acceptability of non-invasive brain stimulation on Alzheimer’s disease and mild cognitive impairment: a component network metaanalysis. J Neurol Neurosurg Psychiatry 2020;0:1–9. doi:10.1136/jnnp-2020-323870.

2- Enhancing cognitive training effects in Alzheimer’s disease: rTMS as an add-on treatment Brain Stimulation 13 (2020) 1655e1664

3- Neuromodulation in the Treatment of Alzheimer’s Disease: Current and Emerging Approaches. J Alzheimers Dis. 2020 Oct 29. doi: 10.3233/JAD-200913.

4- Transcranial Pulse Stimulation with Ultrasound in Alzheimer’s Disease-A New Navigated Focal Brain Therapy Adv Sci (Weinh). 2019 Dec 23;7(3):1902583. doi: 10.1002/advs.201902583.

5- Transcranial Ultrasound Innovations Ready for Broad Clinical Application. Beisteiner R, Lozano AM. Adv Sci (Weinh). 2020 Oct 27;7(23):2002026. doi: 10.1002/advs.202002026. eCollection 2020 Dec

Sobre o Autor

A NeuroVida é uma instituição médica de neurologia e neurociências, pioneira em Portugal, que presta atenção integrada e interdisciplinar de cuidados a doentes do foro neurológico e neuropsiquiátrico. 

A clínica conta com uma equipa de especialistas em diversas áreas interdisciplinares liderada pelo Dr. Lázaro Álvarez, neurologista e neurocientista com mais de 30 anos de experiência.

Se quiser saber mais sobre a clínica ou a sua equipa médica, recomendamos-lhe que visite o nosso site oficial.

Ver mais: Alzheimer