fbpx

A nossa experiência: reabilitação da marcha em Lesões Cerebrais Adquiridas

As capacidades motoras são necessárias para o desempenho autónomo de actividades da vida diária, como por exemplo: andar.

Uma das principais dificuldades que os utentes apresentam após um AVC são as alterações no padrão de marcha, pois apesar de dois terços dos pacientes conseguirem caminhar cerca de 6 meses após o AVC, as alterações no padrão de marcha persistem na fase crónica, e limitam a capacidade de andar longas distâncias.

Por este motivo, uma das principais prioridades durante o processo de reabilitação na fase crónica após lesões adquiridas do cérebro, é melhorar a capacidade de caminhar autonomamente, mas de forma eficiente e segura.

A prática intensiva de uma série de tarefas funcionais, tais como manter o equilíbrio, sentar/levantar, transferir o peso, e o treino de marcha, tem vindo a ser eficaz na recuperação da capacidade de andar, ainda que em fase crónica pós-AVC.

A intervenção fisioterapêutica da marcha visa a sua optimização:

  • Aumentando a força e o controlo muscular
  • Treinando o ritmo e a coordenação
  • Combinando exercícios de alongamentos, força, carga, e caminhada em circuitos estimulantes e em passadeiras com suspensão
  • Apoiados pela estimulação eléctrica neuromuscular funcional e, mais recentemente, estimulação cerebral não-invasiva

Em sucessivas publicações iremos abordar este tema, apresentando a nossa própria experiência. Hoje, avançamos com um vídeo de treino de marcha em AVC previamente publicado, mas adequado para ilustrar o que pretendemos transmitir.

Sobre o Autor

A NeuroVida é uma instituição médica de neurologia e neurociências, pioneira em Portugal, que presta atenção integrada e interdisciplinar de cuidados a doentes do foro neurológico e neuropsiquiátrico. 

A clínica conta com uma equipa de especialistas em diversas áreas interdisciplinares liderada pelo Dr. Lázaro Álvarez, neurologista e neurocientista com mais de 30 anos de experiência.

Se quiser saber mais sobre a clínica ou a sua equipa médica, recomendamos-lhe que visite o nosso site oficial.

Ver mais: AVC, marcha, Reabilitação