Testemunho: A Terapia Ocupacional na reabilitação pós-AVC

Hoje damos a conhecer a intervenção da Terapia Ocupacional num paciente que sofreu um AVC há 2 anos e que teve, como sequelas, hemiplegia e défices sensoriais significativos.

No vídeo abaixo podem ver-se algumas das técnicas que aplicamos diariamente, tais como:

  • Estimulação Eléctrica Funcional para promover o movimento motor voluntário e utilização da tecnologia THERA-Trainer Tigo (treino de mobilidade), desenhada para intervenção em casos neurológicos, que promove o fortalecimento muscular e coordenação bi-lateral, entre outros benefícios;
  • Estimulação sensorial para normalizar os défices sensoriais existentes;
  • Estimulação Magnética Transcraniana repetitiva, como complemento à Terapia Ocupacional, e que permite estimular (de forma não-invasiva e não-farmacológica)  áreas/circuitos do cérebro específicos que são responsáveis pela actividade motora.

Com a aplicação conjunta das técnicas descritas, existe uma evolução positiva a nível sensorial e motor, sendo possível ver no vídeo o início do movimento voluntário na mão acometida.