FDA aprova estimulação magnética transcraniana para o tratamento da Perturbação Obsessivo-Compulsiva

No passado dia 17 de Agosto, a FDA (Food and Drug Administration – uma agência federal do Departamento de Saúde e Serviços Humanos dos Estados Unidos) aprovou o tratamento de estimulação magnética transcraniana profunda para a Perturbação Obsessivo-Compulsiva (POC).

Esta perturbação é caracterizada por obsessões (pensamentos, impulsos ou imagens recorrentes e persistentes e que provocam grande ansiedade ou mal-estar) e compulsões (rituais ou comportamentos repetitivos, realizados com o objectivo de ignorar ou suprimir as obsessões).

Carlos Peña, director da Divisão de Dispositivos de Medicina Física e Neurológica, do Centro de Dispositivos e Saúde Radiológica da FDA, afirmou que “com a aprovação de hoje, os pacientes com POC, que não responderam aos tratamentos convencionais, têm agora outra opção”.

O reconhecimento da FDA revela que o potencial terapêutico da estimulação magnética transcraniana (EMT) é crescente e tem-se estendido a diversas condições psiquiátricas e neurológicas. Efectivamente, são vários os estudos que apontam a EMT como uma alternativa viável para reduzir os sintomas da POC. E, embora a EMT profunda apresente uma possibilidade de eficácia superior à EMT repetitiva, esta última também tem apresentado resultados promissores, tais como:

  • redução dos sintomas da POC
  • melhoria da capacidade funcional
  • redução da ansiedade
  • melhoria do humor

Na NeuroVida, apesar de não realizarmos tratamentos de EMT profunda, temos ao dispor um dispositivo de EMT repetitiva, com certificação da CE, – o Magstim Super Rapid 2 Plus. Se tem POC e procura aliviar os seus sintomas, ou se conhece alguém que precisa de ajuda, contacte-nos. Queremos ajudar.